terça-feira, 11 de novembro de 2014

Des - Abafo (ou Que aperto)


(AVISO: se você tem problemas para entender ironia, fuja para as colinas. grata!)

A vida acadêmica é engraçada, muito engraçada...



Tenho mesmo muita vontade de rir quando vejo meus amigos e colegas batalhando arduamente para sair da vida acadêmica... não, não me entendam errado, eles não querem abandoná-la, simplesmente lutam para terem sua vida acadêmica completa e em dia.





Tem a porra de um meme pra isso...



Seus currículos Lattes impecáveis, e os vejo indo e vindo, se mudando de cidades e países.



Comprometendo relacionamentos, saúde, feriados, tempo de recreação, alimentação adequada (ah... a comida do bandejão...). 


Lutando por bolsas com e contra seus colegas de programa de pós-graduação. 




Felizmente já são pessoas que tiveram tempo de curtir muito a vida não é mesmo?! Opa, não, não é! São pessoas na faixa dos 20 a 30 anos. O.o


São jovens, muito jovens, muitos e muitos jovens que ao saírem com seus doutorados, terão de procurar concursos compatíveis com as suas áreas. Ou procurar grupos de estudo que ofereçam bolsas de pós-doutorado (que por sinal não é título), para se manterem independentes, ou dar aulas e mais aulas.


Os sortudos terão orientadores que indicarão seus pupilos para boas substituições em faculdades particulares. 


Os sem sorte bem... esses permanecerão sentados em carteiras de alguma DE aguardando algumas aulas vagas de algum outro professor que tenha tirado uma licença, Farão concursos para dar aulas no estado ou na prefeitura. 


Não tiro de modo algum o mérito da licenciatura, tenho a minha com muito orgulho, amo dar aulas, mas não é o objetivo principal de quem está lutando para concluir a vida acadêmica pintada em verso e prosa para nós na pós graduação.


Passamos tanto tempo lutando para ter a dedicação EXCLUSIVA à pesquisa que é exigida como pré requisito em todos os programas de pós-graduação batalhando e mendigando por bolsas que deveriam ser nosso direito.


Afinal estamos produzindo a pesquisa aqui!!!

Vendo nossas pesquisas (amadas pesquisas) serem retalhadas para ter mais publicações! Todos aqueles dados tão preciosos! Todo aquele tempo e energia para organizar os dados! Encapado pegando poeira em uma biblioteca qualquer.


E quando menos esperamos um governante com políticas públicas próprias muda as regras do jogo.


Cai a cortina, e o sentimento é o mesmo, de que todo esse investimento em educação no Brasil foi só uma desculpa pra melhorar o IDH do país mesmo. 


Pode continuar se engalfinhando com o seu coleguinha de pós, pode esconder seus dados à vontade.


Seus superiores vão achar super engraçado, tipo essa cena.
Hilária né?!
Esse também né, morro de rir, afinal hierarquia é cagar na cabeça dos outros!
TA SERTO!




NÃO TEM ESPAÇO PARA TODOS. NÃO TEM ESPAÇO PRA QUASE NINGUÉM.




Olhe ao redor! No seu programa de pós-graduação quantos jovens competentes você vê?



Agora calcule muito bem, quantas vagas de professor doutor você acha que haverá pra você disputar com esses e com os outros também competentes que você não conhece?!


Engraçado não?! 


Que comecem os jogos, vamos jogar?

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Aviso

Olá,

Faz um tempão né?!

Será que alguém aí ainda lê esta quissassa?!

Enfim.

Foi um tempão que eu precisava mesmo!

Vou voltar a ter assiduidade aqui por que quero tornar esse blog uma coisa mais pessoal.

Quem quiser me acompanhar seja bem-vindo!

Bjas

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Camisetas no Rock in Rio


Oi pessoal,

Hoje vim dar o ar da graça, devido a uma noticia que vi sobre camisetas de "fãs" de Ramones, e a suposta banalização (????) do uso das mesmas.

Como é que pode ser isso?

Os caras estão alí para fazer um show nada filantrópico, e supostamente se você não é um vasto conhecedor da cultura Ramones, você não deveria usar uma coisa tão "importante de maneira leviana".


Sim, esse é o discurso que circula no mundinho Rock.

Estou começando a pensar em usar uma camiseta escrita "Forró de raíz" e se você não conhecer pelo menos a história dos três principais narradores de cordel você estará automaticamente excluído do meu grupinho.

Só eu vejo o ridículo disso tudo?!

Os artistas estão lá juntando dinheiro com as duas mãos e o babacas aqui no mundo "real" se estapeando para ver quem é mais Rock'nRoll.

Eu te digo que mais Rock'nRoll que pedra de fundo de rio não tem.

Vamos parar com a babaquice, e se alguem conseguir me explicar o que é Rock'nRoll sem enviesar o discurso para um paradigma financeiro eu dou meu braço a torcer.

É só a porra de uma camiseta Just Calm the Fuck Down!

Segue o vídeo:





sábado, 2 de fevereiro de 2013

Olá pessoal, faz tempo que não posto aqui não é mesmo?

Vou tentar me manter mais assídua nas publicações mas para quem estiver com saudades procure minhas publicações no blog www.beautyrock.com

domingo, 5 de agosto de 2012

Ruivo Cenoura


Olá pessoal,

Resolvi fazer um post sobre a minha mudança capilar mais recente.

Eu andava um pouco sem tempo para ficar retocando o platinado/branco que precisa ser feito a cada quinze dias (se você é como eu e odeia quando a raiz começa a aparecer).

E com mestrado e outras obrigações gastar três a quatro horas a cada 15 dias estava sendo um tanto quanto desgastante.

Eu não enjoei da cor, e ainda pretendo voltar para ela em um futuro não muito distante.



Mas o ruivo cenoura além de ser mais fácil de manter (do que o platinado, mas ainda dá uma boa manutenção) é mais barato.

Na luz artificial
Na luz natural

E como foi que eu fiz isso sem manchar o cabelo e sem desbotar nas partes que estavam totalmente descoloridas?!

É simples, são dois procedimentos: pré-pigmentação e cauterização.

1º passo:

Funciona assim o cabelo descolorido platinado é delicado por que passa por um processo intenso de abertura das cutículas para o pigmento natural poder ser destruído adequadamente.

A tinta vermelha tem moléculas muito grandes que não se fixam facilmente aos fios que já foram descoloridos, então você acaba tendo aquele efeito "cabelo cor de agua de salsicha".

Para a tinta vermelha poder se fixar é preciso que você faça uma pré-pigmentação com algum tom que fixe mais fácil que o vermelho. No meu caso o dourado.

Sim dourado 0.3 o pesadelo de qualquer platinada!

Eu comprei uma tinta 9.3 da altamoda que na promoção estava saindo duas bisnagas de 60g por R$9,50. Irresistível!

Fiz a aplicação normal como manda a embalagem com Ox de 10 volumes, por que meu cabelo não precisava de grandes esforços para abrir a cutícula, e a tinta de numeração 9 tem amônia na composição o que agiliza a coloração sem precisar de oxidante forte.


Passei essa tinta no cabelo, como ela é enriquecida com queratina ajuda a reestruturar durante o tingimento, mas essa tinta não tem um poder hidratante como outras mais caras, então ela resseca um pouco o cabelo.

Fiz uma segunda aplicação da mesma tinta na proporção de 1/2 tubo de tinta 9.3 e 1/3 de mix especial da Wella da linha Color Perfect 0/43.  Esse mix é laranja pois tem a mistura do acobreado com o dourado.

E na proporção usada para o mix coloquei a Oxidante de 10 volumes da Yamá profissional, amei essa Ox, recomendo muito!!!

Está escrito Koleston por que é a versão gringa,
é a mesma caixinha escrita color perfect
Como já joguei minha caixa fora peguei essa na Internet

Muito boa! Comprei por que era baratinha.
Me surpreendi!

Quem quer ser ruiva cenoura tem que fugir do vermelho 0.6 e tem que se jogar nos acobreados que são 0.4 preferencialmente misturados ao dourado 0.3.

Mas se você está saindo do descolorido para o vermelho cereja e passou pela situação "água de salsicha" não se desespere use de preferência tintas fantasia tipo o tonalizante da Keraton. Esse tonalizante é o meu preferido.

Inclusive logo no começo do processo usei esse tonalizante para fazer a cauterização a cada 15 dias.

2º Passo:

A cauterização é um passo importante por que ajuda a selar a cutícula do cabelo, reestrutura a fibra capilar e ajudar a evitar de ter que passar tinta nas partes do cabelo que estiverem muito fragilizadas.
.
Mas é preciso ter cautela com o excesso de queratina no cabelo, pois pode causar quebras especialmente nas pontas e para quem tem progressiva a cautela deve ser ainda maior por que a progressiva insere muita queratina no cabelo.

Como eu faço a cauterização com o Keraton.

Essa é a tonalidade que usei.

Eu misturo cerca de 10% de Keraton na cor Canela, 10% de vinagre, 10% de bepantol líquido e 70% de Máscara hidratante da Tresemmé. Pois ela tem queratina na formulação (todas as da Tresemmé têm).

Vinagre
O vinagre serve para auxiliar no fechamento das cutículas dos fios, devido ao seu pH ácido.

Mascaras Tresemmé

Bepantol

Lavo os cabelos enxaguo sem passar condicionador, seco na toalha cerca de 60% da água e aplico a mistura no cabelo todo.

Deixo agir por 20 minutos e enxaguo.

Seco com secador, passo um jato de ar frio e por fim passo a chapinha rapidamente que também ajuda a selar as cutículas.

Depois de uma semana eu observei como a cor estava nas partes mais fragilizadas e achei que tinha desbotado muito, mas não fiz a cauterização novamente apenas misturei 20% de queraton com 80% da Máscara hidratante de tutano da Liss Care (que saiu de linha), aliás é uma máscara excelente. e apliquei em mechas alternadas sem encostar na raiz.

Foi isso que eu fiz, agora só faço a manutenção a cada mês ou a cada 20 dias aplicando a mistura de 1/2 tubo de tinta 9.3 com 1/4 de Mix 0/43 da color perfect. Aplico somente na raiz e quando falta 5 minutos para retirar passo um pente para deixar a cor uniforme.

E quando acho que o cabelo está precisando de uma reconstrução refaço a cauterização, atualmente só faço a cada 30 ou 40 dias.

O ruivo cenoura desbota muito rápido

Ando com bastante vontade de testar a tinta e o mix da Paul Mitchel, dizem que é super hidratante e não agride nadinha o cabelo, se eu fizer esse teste mostro para vocês aqui.

E vocês o que acharam?!

Vocês preferem o platinado ou o ruivo cenoura?!

Fiquem a vontade para comentar e perguntar.

Bjocas